quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO DE 2012, COM POESIA

Título: Chaveira e Chaveirinha
Técnica: Óleo sobre tela
Data: 2011
Autora: Gracinda Tavares Dias


Que o ano de 2012 seja feliz
como, normalmente de diz
Com tudo de bom e atraente
 É o que desejo a toda a gente
Do fundo do coração
Que haja muita união,
Muita saúde, paz e amor
e, com todo o calor
e muito entusiasmo
e sem qualquer marasmo
tudo seja realizado
com todo o cuidado
e grande otimismo
sem qualquer pessimismo.

Para ilustrar esta poesia
Escolhi a pintura
Da aldeia da Chaveira
que é a minha alegria!
A ela dedico ternura
assim, desta maneira.
Que ninguém leve a mal
Pois é a minha terra natal!

Autora da pintura e da poesia:

Gracinda Tavares Dias

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

POESIA E PINTURA DE MÃOS DADAS


Pintei numa grande tela
com muito gosto e animação
a aldeia de Mesão Frio
da freguesia de Cardigos
e do concelho de Mação.
Trata-se da aldeia onde moro
À qual dedico  afeição
Os moradores são poucos
Mas unidos no coração.
Todos eles com grande brio
De viverem nesta aldeia
Terra com grande tradição,
 com  histórias para contar
Que a todos irá encantar!
Pela minha pintura
Cuja técnica é o óleo
Se pode ver a formosura
deste local encantador
muito cheio de verdura
e pessoas de valor
que são uma ternura.
Autora da poesia e da pintura a óleo

Gracinda Tavares Dias

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

NATAL DE 2011

Feliz Natal !
Ano Novo excelente !
Tudo a correr bem
para toda a gente
com saúde, paz e amor
com calor humano
e alegria também
com o espírito de Natal
fazendo todo o bem
Como no Presépio de Belém !

É o aniversário de Jesus
Que devemos festejar
Dando-Lhe toda a relevância
E o papel principal
A Ele devemos amar
Pois veio ao Mundo
Para nos salvar
A Ele toda a importância
Em mais um Natal.


Fazer Natal
É visitar os doentes,
alegrar os idosos
e todos os que precisam.
Sorrir e dar uma mão amiga
Dar aos que passam fome
acolher os solitários
que não têm ninguém
Mostrarmo-nos contentes
com a sorte que temos
por termos amigos
e não sermos desprotegidos.
Sejamos amorosos,
muito generosos
e muito solidários!
Que todos se sintam queridos
e muito amados.

Ajudemos a acontecer Natal
Com o exemplo
da família de Belém
Praticando todo o bem
nesta época especial
E nas outras também.

Poesia de Gracinda Tavares Dias

Fotografia do próprio presépio de Gracinda Tavares Dias