sexta-feira, 29 de junho de 2012

PASSEIO A FÁTIMA DE DOIS GRUPOS DE TRABALHO E CONVÍVIO

MINI TREM PANORÂMICO PARA PASSEAR EM FÁTIMA
VALINHOS, ONDE APARECEU O ANJO
FRONTAL DA GRANDE E NOVA IGREJA DA SANTISSIMA TRINDADE, EM FÁTIMA
CAPELINHA DAS APARIÇÕES, EM FÁTIMA
Basílica de Fátima, onde se encontram as sepulturas dos três pastorinhos a quem Nossa Senhora apareceu
Placa do Muro de Berlim, em Fátima, Portugal
Flores lindas no recinto da Basílica, em Fátima

quarta-feira, 20 de junho de 2012

VERÃO COM HISTÓRIA







Cerejas do meu quintal, na Lameira, Mesão Frio de Cardigos, Mação, Santarém

BELA FRUTA DO VERÃO!
Verão) é uma das quatro estações do ano. Neste período, as temperaturas permanecem elevadas e os dias são longos. Geralmente, o verão é também o período do ano reservado às férias.
O verão do hemisfério norte é chamado de "verão boreal", e o do hemisfério sul é chamado de "verão austral". O "verão boreal" tem início com o solstício de verão do Hemisfério Norte, que acontece cerca de 21 de Junho, e termina com o equinócio de Outono nesse mesmo hemisfério, por volta de 23 de Setembro. O "verão austral" tem início com o solstício de verão do Hemisfério Sul, que acontece cerca de 21 de Dezembro, e finda com o equinócio de outono, por volta de 20 de Março nesse mesmo hemisfério.
Nos tempos primitivos, era comum dividir o ano em cinco estações, sendo o verão dividido em duas partes: o verão propriamente dito, de tempo quente e chuvoso (geralmente começava no fim da primavera), e o estio, de tempo quente e seco palavra da qual deriva o termo "estiagem". Atualmente usa-se o termo "estio" para um período de seca e também como um sinônimo para verão.

Amanhã começa o verão
O dia, 21 de junho. A hora, 0h09m. O solstício de verão marca o início da estação mais quente do ano no hemisfério norte. Até ao equinócio, que ocorre a 22 de setembro .
O verão chega ao início da madrugada. O solstício de verão está marcado para amanhã, às 0h09m. O instante marca o início do verão no hemisfério norte. A estação prolonga-se por 93 dias dias até ao próximo equinócio que ocorre no dia 22 de setembro, às 15h49m.
 Um pouco por todo o mundo, o sol é celebrado como uma divindade, sendo que para a ciência, o solstício de verão marca as estações do ano, para os teóricos simboliza a festa do sol. Alberto Tapadas refere, ainda, que esta altura é aproveitada para celebrar a época das sementeiras. Para Ricardo Reis, do Centro de Astrofísica do Porto, o solstício de verão serve sobretudo para marcar as estações, no dia em que o sol passa mais tempo acima do horizonte.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

RECEITAS DO GRUPO DE UMA ESCOLA DE ARTES

RECEITA DO BOLO / PUDIM COM ANANÁS
4 ovos
1 cháv. e meia de açúcar
1 cháv. e meia de farinha
meio copo de leite
... 1 colher de fermento
Queima-se 1 cháv. e meia de açúcar para barrar a forma. Põe-se o ananás. Junta-se um copo e meio de leite, 2 gemas, 3 colheres de açúcar, uma colher e meia de maizena. Leve ao lume a engrossar e deite sobre o ananás depois de frio.
Bate-se a massa e coloca-se sobre o creme e leva-se ao forno a cozer. Depois de cozido vira-se sobre um prato e deixa-se ficar até arrefecer.


Autora: Elisabete Mateus de Cardigos, Mação, Santarém
RECEITA DA TORTA SIMPLES
6 ovos
6 colheres de açúcar
5 colheres de farinha
raspa de limão
...
Batem-se os ovos inteiros com o açúcar.
Envolve-se a farinha.
Põe-se o doce que se desejar.
Da mesma autora

quarta-feira, 13 de junho de 2012

HISTÓRIA E ORAÇÃO DE SANTO ANTÓNIO



Santo António (português europeu) ou Antônio (português brasileiro) de Lisboa, internacionalmente conhecido como Santo António de Pádua[1], OFM (Lisboa, 15 de Agosto de 1191-1195 ? - Pádua, 13 de Junho de 1231), de seu nome de batismo Fernando Martins de Bulhões, foi um Doutor da Igreja que viveu na viragem dos séculos XII e XIII[2].
Primeiramente foi frade agostiniano, tendo ingressado como noviço (1210) no Convento de São Vicente de Fora, em Lisboa, indo posteriormente para o Convento de Santa Cruz, em Coimbra, onde fez seus estudos de Direito. Tornou-se franciscano em 1220 e viajou muito, vivendo inicialmente em Portugal, depois na Itália e na França. No ano de 1221 passou a fazer parte do Capítulo Geral da Ordem de Assis, a convite do próprio Francisco, o fundador, que o convidou também a pregar contra os albigenses em França. Foi transferido depois para Bolonha e de seguida para Pádua, onde morreu aos 36 (ou 40) anos.
Sua fama de santidade o levou a ser canonizado pela Igreja Católica pouco depois de falecer, distinguindo-se como teólogo, místico, asceta e sobretudo como notável orador e grande taumaturgo. Santo António de Lisboa é também tido como um dos intelectuais mais notáveis de Portugal do período pré-universitário. Tinha grande cultura, as referências ilustrativas que apresentava em seus sermões indicam que ele estava familiarizado com as obras de Plínio, o Velho, Cícero, Sêneca, Boécio, Galeno e Aristóteles, entre outros autores clássicos, sendo versado em diversos aspectos das ciências profanas. Seu grande saber o tornou uma das mais respeitadas figuras da Igreja Católica de seu tempo. Foi o primeiro Doutor da Igreja franciscano, e seu conselho era buscado pelo próprio São Francisco. São Boaventura disse que ele possuía a ciência dos anjos.[3]

sábado, 9 de junho de 2012

TARTE DE GILA DE UM CONVÍVIO SEMANAL



TARTE DE GILA DA ETELVINA

1 dl de água
200gr. de açúcar

... Vai ao lume a ferver , 3 m
Tira-se do fogão e junta-se uma chávena de gila e 100 gr. de amêndoa triturada.
Batem-se dois ovos inteiros e seis gemas e raspa de limão e junta-se ao preparado anterior.
Põe-se na tarteira com massa folhada. Vai ao forno meia hora em lume médio.















BOLOS DO CONVÍVIO E TRABALHO DA ESCOLA DE ARTES EM CHAVEIRA DE CARDIGOS/MAÇÃO



BOLO DE CAFÉ

6 ovos
3 cháv. de açúcar
3 cháv. de farinha
... 1 cháv. de café de cevada ou outro
1 cháv. de azeite ou óleo
1 colher de chá de fermento
1 colher de sobremesa de canela
Podem pôr-se sultanas,nozes, amêndoas, etc.

As claras são batidas em castelo.



BOLO DE CHOCOLATE

4 cháv. de açúcar
4 cháv de farinha
1/4 do pacote de manteiga
... 1 barra de chocolate culinária
6 ovos
1 cháv.e meia de leite
1 colher de chá de fermento

MODO DE FAZER:

Batem-se as claras em castelo
Derrete-se uma barra de chocolate com 1/4 do pacote de manteiga
Bate-se o açúcar com as gemas um pouco e mistura-se 1/4 do pacote de manteiga. 1 cháv. de leite e o chocolate derretido.
Juntar mais meia cháv. de leite, a farinha e as claras em castelo e mexer bem.

COBERTURA:

Derreter uma barra de chocolate culinária com uma colher de chá de manteiga, meia cháv. de leite natural e uma lata de leite condensado e barrar o bolo.




                 




              terça-feira, 5 de junho de 2012

              QUADROS DE ESCAMAS DE PEIXE

              Título: ramos de rosinhas
              Material: escamas de peixe, fio prateado , cola, tesoura
              Local: Escola de Artes da Chaveira
              Data: Maio de 2012
              Autora: Gracinda Tavares Dias





              Mais dois quadros de escamas de peixe da mesma autora
              Quadro a óleo sobre tela, à direita da mesma autora



              O meu primeiro trabalho em escamas de peixe

              Em vez de deitar para o lixo as escamas de peixe, é melhor lavar bem, com cloro, de um dia para o outro, enchaguar, secar em ambiente natural, endireitar com uma tesoura, recortar as folhas e fazer as nervuras nas ranhuras que se fazem com a tesoura, usando o fio prateado.

              Cortam-se as pétalas, arranja-se uma base redonda das próprias escamas e pôe-se cola UHU  e vão-se sobrepondo as pétalas, à volta dessa base e a segunda camada será desencontrada desta, podendo sobrepôr as camadas que quiser.


              Ao emoldurar tem que se pôr uma caixa, conforme a altura da rosa..

              Para mais pormenores dirija-se à Escola de Artes da Chaveira de Cardigos, onde já há várias pessoas aptas a ensinar, voluntariamente.

              A primeira mestra chama-se: Nazaré Marques, da Chaveira, que aprendeu na margem sul, onde residia.

              sexta-feira, 1 de junho de 2012

              DIA DA CRIANÇA

              Dia Mundial da Criança
              • Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Dia Mundial da Criança não é só uma festa onde as crianças ganham presentes.

              • É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações (discriminação significa ser-se posto de lado por ser diferente).

              • Sabias que o primeiro Dia Mundial da Criança foi em 1950?

              • Tudo começou logo depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945.
                Muitos países da Europa, do Médio Oriente e a China entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.

              • As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns nem pais tinham!

              • Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante muitas horas e a fazer coisas muito duras.

              • Sabias que mais de metade das crianças da Europa não sabia ler nem escrever? E também viviam em péssimas condições para a sua saúde.

              • Em 1946, um grupo de países da ONU (Organização das Nações Unidas) começou a tentar resolver o problema. Foi assim que nasceu a UNICEF.


              • Mesmo assim, era difícil trabalhar para as crianças, uma vez que nem todos os países do mundo estavam interessados nos direitos da criança.

              • Foi então que, em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo.

              • Este dia foi comemorado pela primeira vez logo a 1 de Junho desse ano!

              • Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:
                - afecto, amor e compreensão;
                - alimentação adequada;
                - cuidados médicos;
                - educação gratuita;
                - protecção contra todas as formas de exploração;
                - crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.

              • Sabias que em só nove anos depois, em 1959 é que estes direitos das crianças passaram para o papel?

              • A 20 de Novembro desse ano, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos Direitos da Criança".
                Trata-se de uma lista de 10 princípios que, se forem cumpridos em todo o lado, podem fazer com que todas crianças do mundo tenham uma vida digna e feliz.

              • Claro que os Dia Mundial da Criança foi muito importante para os direitos das crianças, mas mesmo assim nem sempre são cumpridos.

              • Então, quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da Criança", que é um documento muito completo (e comprido) com um conjunto de leis para protecção dos mais pequenos (tem 54 artigos!).


              • Esta declaração é tão importante que em 1990 se tornou lei internacional!