quinta-feira, 16 de junho de 2011

INFORMAÇÕES PARA QUEM QUEIRA VISITAR NISA E AS SUAS ARTES











Descubra a entrada no castelo pela Porta da Vila e prossiga até à Porta de Montalvão, que se mantém como no século XIII, descubra a matriz, reedificada no século XVIII, a Fonte do Frade (século XVIII) e a frontaria renascentista da Igreja da Misericórdia (séculos XVI-XVIII).

Fora do recinto muralhado, são motivos de interesse as Capelas de São Sebastião, de Nossa Senhora dos Prazeres e de Santo António, bem como as Fontes Nova, da Pipa e da Cruz. Nos arredores, rudes e agrestes, onde a paisagem é marcada pelos afloramentos de granito, é um desafio estimulante procurar a anta de São Gens ou a ponte romana perto da Senhora da Graça.

As Termas da Fadagosa, um lenitivo para a pele e o reumatismo, são uma valência importante para o concelho, mas aquilo que é distintivo em Nisa, relativamente a todo o Alentejo, é a variedade e qualidade do artesanato que ainda existe. Verdadeiro santuário de habilidade manual e criatividade, sobretudo feminina, no concelho encontramos: a olaria pedrada - verdadeira renda de pedrinhas aplicadas sobre o barro; os bordados (alinhavados, barafundas e aplicações em feltro) e as rendas (de bilros, frioleiras, rendas de nó e xailes de pêlo de cabra). Na Casa do Povo há um núcleo museológico de etnografia, e, a pedido, a Misericórdia permite o acesso ao seu núcleo arqueológico.

Artesanato são também os queijos da Região Demarcada de Nisa, os doces - tigeladas e barquinhos -, a arte de bem receber e o calor humano da gente que empresta graça e beleza às coisas que faz nesta vila cheia de dinamismo e tradição.

EXCURSÃO AO ARTESANATO TÍPICO DE NISA (ALENTEJO)

Foi um lindo passeio!
Pudémos apreciar o Artesanato, tanto nos dois museus, como ao vivo.
Verdadeiras peças de arte foi o que pudémos contemplar!
O Projeto da Casa da Cultura da Chaveira, bem como o Projeto da Escola Viva dos Vales, unem-se numa visita de estudo anual aos lugares onde se desenvolve o Artesanato, visto desenvolverem também as artes manuais, nos seus lugares de Convívio e Trabalho Voluntário.
Mais uma vez agradecemos ao nosso Município de Mação o transporte e toda a colaboração prestada em prol da Cultura e bem-estar.
Foi, realmente um dia muito agradável de aprendizagem, convívio e muito incentivo para prosseguir com o intercâmbio entre os dois belos Projetos.

terça-feira, 14 de junho de 2011

DE TUDO UM POUCO


QUERMESSE DE SOLIDARIEDADE


QUE TENHA DE TUDO UM POUCO

Sensibilidade: Para não ficar indiferente diante das belezas da vida;

Coragem: Para colocar a timidez de lado e poder realizar o que tem vontade;

Solidariedade: Para não ficar neutro diante do sofrimento da humanidade;

Bondade: Para não desviar os olhos de quem te pede uma ajuda;

Tranquilidade: Para quando chegar ao fim do dia, poder deitar-se e dormir o sono dos anjos;

Alegria: Para a poder distribuir, colocando um sorriso no rosto de alguém;

Humildade: Para que possa reconhecer aquilo que não é;

Amor próprio: Para que possa perceber as suas qualidades e gostar do que vê por dentro;

: Para te guiar, sustentar e manter de pé;

Sinceridade: Para ser verdadeiro, gostar de si mesmo e viver melhor;

Felicidade: Para poder descobri-la dentro de si e doá-la a quem precisar;

Amizade: Para que descubra que, quem tem um amigo tem um tesouro;

Esperança: Para o fazer acreditar na vida e se sentir uma eterna criança;

Sabedoria: Para entender que só o BEM existe, o resto é ilusão;

Desejos: Para alimentar o seu corpo, dando prazer ao seu espírito;

Sonhos: Para poder todos os dias, alimentar a sua alma;

Amor: Para que tenha alguém para amar e sentir-se amado. Para desejar tocar uma estrela, sorrir para a lua. Sentir que a vida é bela, andando pela rua. Para descobrir que existe um Sol dentro de si. Para se sentir feliz a cada amanhecer e saber que o AMOR é a razão maior...para viver.
Mas se não tiver um amor, que nunca deixe morrer em si, a procura...o desejo de o encontrar.

TUDO DE BOM PARA SI !

segunda-feira, 13 de junho de 2011

QUERMESSE NA ASSOCIAÇÃO "OS GALITOS" DE CARDIGOS PARA A MISERICÓRDIA DE CARDIGOS



Trabalhos dos Utentes da Misericórdia de Cardigos, com  a ajuda de pessoas de boa vontade,  que se destinaram à realização de mais uma Quermesse, a favor da Santa Casa.
Obrigada aos Galitos pela cedência do espaço e ao Município de Mação pelo empréstimo da tenda  e a todos os que trabalharam para esta manifestação de solidariedade da nossa terra.

Esta Quermesse foi associada à festa do Espírito Santo em 11 e 12 de Junho de 2011