terça-feira, 24 de janeiro de 2012

GESTÃO DO TEMPO COM UM DESENHO A CARVÃO



Título: Paisagem africana
Técnica: carvão sobre papel cançom
Autora: Gracinda Tavares Dias
Local: Escola de Pintura "Lápis de Cor"
do Município de Mação
(ainda com orientação do Professor Italiano Massimo Esposito)

GESTÃO DO TEMPO

1- Faça pausas  de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo. Repita essas pausas na vida diária e pense em si analisando as suas atitudes.

2 - Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou alguém. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.

3 - Planeie o seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de si.

4 - Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, cansa-se, sem necessidade.

5 - Esqueça, de uma vez por todas, que é imprescindível. No trabalho, na casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua atuação, a não ser você mesmo.

6 - Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos. Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimónias.

7 - Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.

8 - Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.

9 - Tente descobrir o prazer de factos quotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que isso é o máximo a desejar-se na vida.

10 - Evite envolver-se na ansiedade e tensão alheias, de forma compulsiva. Espere um pouco e depois retome o diálogo, a ação.

11 -Família não é você. Está junto de si. Compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade.

12 - Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.

13 - É preciso ter sempre alguém em quem se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de 100 km . Não adianta estar mais longe.

14 - Saiba a hora certa de sair da cena, de retirar-se do palco, de deixar de ser o centro de todas as atenções. Nunca perca o sentido da importância subtil de uma saída discreta.

15 - Não queira saber se falaram mal de si e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, sem reserva analítica, sem qualquer convencimento e vaidade vã.

16 - Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois é ótimo...
...para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.

17 - A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.

18 - Uma hora de intenso prazer substitue com folga três horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Logo, não perca uma oportunidade de se se divertir.

19 - Não abandone as suas três grandes e inabaláveis amigas:
* a intuição
* a inocência
* a fé!

20 - E entenda de uma vez por todas, definitivamente e compulsivamente:

VOCÊ É O QUE SE FIZER SER!

Desejo-lhe uma vida formidável

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

PINTURA DE UMA PAISAGEM NATURAL COM UMA REFLEXÃO SOBRE "ALEGRIA"



Título: A praia da Ursa, a mais ocidental da Europa
Técnica: Óleo sobre tela
Data: 2011
Local: Escola de Pintura da CMMação
Autora: Gracinda Tavares Dias

Nota: Esta pintura encontra-se na exposição coletiva, intitulada" Belezas naturais", na Casa da Cultura e de espetáculos da Sertã.

Não deixe de visitar, pois ainda está patente ao público!

ALEGRIA

* A alegria é o sorriso da alma.

*Onde houver a tristeza que eu leve a alegria!

*A alegria do coração torna belos os dias da vida em qualquer estação do ano.

*Quem se despe da alegria acaba só e abandonado.

* Em tudo o que alvorece há um sorriso de esperança.

*Disse-vos estas coisas para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa.

*Até os passarinhos dão alegria à Natureza com os seus chilreios.

*Se te escondes com medo da desgraça nunca encontrarás a surpresa da alegria.

*Traz-me flores sempre para que nunca me esqueça da tua amizade e da tua alegria.

* A alegria une as pessoas e a união faz a força.
A unidade é o caminho para a paz.

*A flor não foi feita para murchar nas tuas mãos, mas para alegrar alguém.

*Saber encontrar a alegria, na alegria dos outros é o segredo da Felicidade.

*A felicidade e a alegria moram juntas e com elas a paz e a verdade.

*Na velocidade dos acontecimentos da vida só a alegria foca os sentimentos mais belos.

*Que os vossos caminhos sejam de paz e alegria.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

PINTURA A ÓLEO COM UMA REFLEXÃO SOBRE O TEMPO


Título: Casa Lameira, em Mesão Frio de Cardigos
Técnica: Óleo sobre tela
Data: 2005
Dimensões: 80/1,25
Autora: Gracinda Tavares Dias

O  TEMPO

Que trouxemos para fazer em casa.

1 - Quando se vê, já são 6 horas.
2 - Quando se vê, já é sexta-feira.
3 - Quando se vê, já é Natal.
4 - Quando se vê, já terminou o ano.
5 - Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
6 - Quando se vê, passaram-se 50 anos!
7 - Agora, é tarde demais para ser reprovado.
8 - Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olharia o relógio.
9 - Seguiria sempre em frente e iria deitando pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
10 - Seguiria o meu amor, que está há muito à minha frente, e diria:
AMO-TE
11 - Dessa forma, eu digo:
- Não deixe de fazer algo que gosta devido
À FALTA DE TEMPO
12 - Não deixe de ter alguém ao seu lado por puro medo de não ser feliz.
13 - A única falta que terá, será desse tempo que, infelizmente nunca mais voltará.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

TÉCNICA DA TERCEIRA DIMENSÃO



QUADRO COM A TÉCNICA DA TERCEIRA DIMENSÃO







Título: cozinha


Técnica: Terceira dimensão

Data: Agosto de 2011

Local: Escola viva dos Vales (exposição coletiva)

Ajuda de Cristina Mendes dos Vales de Cardigos,

Autora: Gracinda Tavares Dias


Nota: Frequento este Grupo de Artes nos domingos de tarde, em intercâmbio com o Grupo de Artes da Antiga Escola da Chaveira


EXPLICAÇÃO DA TÉCNICA DA 3.ª DIMENSÃO
por: Cristina Mendes



Técnica de Três Dimensões


Materiais:



 3 Estampas

 1 placa (contraplacado)

 Cola May

 Pincel nº 20

 Bisturi

 Tinta da china nº 15 (sépia)

 Cotonetes

 Boleador

 Pano fofo

 Silicone transparente

 Seringa pequena

 Palitos

 Verniz brilhante ou mate



1º Passo – Passar cola na placa e colar uma das estampas com ajuda do pano para que adira bem e fique sem bolhas, (verificar, passados 10 minutos, se há bolhas e se houver, passar com o pano novamente).

No caso da estampa ser uma flor, pode-se optar ou não pelo fundo, se sim, proceder como anteriormente foi explicado, se não, passar cola na estampa, deixar secar bem e recortar a flor a toda a volta, inteira.

2º Passo – Passar cola nas outras estampas e deixar secar até ao dia seguinte.

3º Passo – Com bisturi começar a cortar uma das estampas, cortando o desenho o mais possível, e colocar peça por peça numa caixa.

4º Passo – Cortar a outra estampa como a anterior, se possível, com mais pormenor e colocar noutra caixa.

5º Passo – Com um cotonete molhar na tinta da china e passar na borda de cada peça, virando o desenho para nós, nunca misturar as peças de uma caixa com as da outra.

6º Passo – Começar a escolher as peças, verificando as que ficam mais atrás, as que tem de ser mais salientadas, etc., normalmente começa-se da esquerda para a direita e de cima para baixo, nas flores começa-se pelas folhas. Vamos então começar a bolear as peças com o boleador em cima do pano, uma por uma e só boleadas quando as vamos colocar, primeiro do lado do desenho e depois por trás.

7º Passo – Encher a seringa com silicone, depois colocamos silicone no sítio do desenho da peça que queremos colocar, colocar a peça e depois consertar com os palitos, vai.se colocando peça por peça até acabarmos todo o desenho com as peças da primeira caixa, deixar secar o silicone. Depois repetir o mesmo com a segunda caixa e deixar secar.

8º Passo – Antes de aplicar o verniz, retirar o excesso de silicone e lixo que eventualmente esteja no desenho, aplicar o verniz e deixar secar. De seguida, pode mandar encaixilhar, nunca colocar vidro anti-reflexo.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

REFLEXÃO SOBRE FELICIDADE




REFLEXÃO  SOBRE  FELICIDADE


Título: a sesta
Técnica: óleo sobre tela
Autora: Gracinda Tavares Dias
Local: Escola de Pintura de Fuentes de Oñoro (Espanha)

FELICIDADE:

Segundo Alfred Spitz, "a felicidade é algo que todos querem e é muito rara", não podendo também ser reduzida a tabelas que entram sobretudo em linha de conta com o rendimento e a estabilidade. "A vida é um acto heróico". O mesmo especialista avaliou a sabedoria popular, segundo a qual o dinheiro não traz felicidade e lembrou também que não há pílula para obter tal efeito, ainda que há uns anos se ...pensasse que a indústria farmacêutica tivesse aberto o caminho. A chamada hormona da felicidade, a oxitocina, também não resulta para além da libertação natural que pode ocorrer no organismo, alertou Alfred Ppitz. O mesmo orador forneceu algumas pistas para "uma vida boa": um bom ambiente durante a infância, o interesse por variadas questões, a liberdade de escolher (sem a qual se abre o caminho para a depressão) e a fixação de objectivos a atingir (sem o que se fica com a sensação de estar só a perder tempo). O psicoterapeuta indicou ainda como aspectos essenciais as ligações familiares e o interesse pelos outros.

"Depressão é a ausência de felicidade", definiu Spitz, indicando alguns ingredientes: desvalorização do próprio e dos outros e incapacidade de imaginar o futuro.






...

PENSAMENTOS ILUSTRADOS COM UM ANDOR DE DÁDIVAS




ANDOR DAS DÁDIVAS DA ALDEIA DE S. BENTO - CARDIGOS - MAÇÃO

Na festa do Sagrado Coração de Jesus, da Freguesia de Cardigos, cada aldeia oferece um andor com as suas dávidas para serem leiloadas no dia da festa e dar o dinheiro à Igreja.
Quatro pessoas levam o andor na procissão e depois vai para a praça principal, onde  quem mais der leva as ofertas.
É uma tradição muito antiga e bonita na nossa freguesia.
Foi na festa do ano 2011.
PARABÉNS a quem ornamentou tão bem o andor!

A foto é da autoria de Gracinda Tavares Dias

Seguem-se alguns pensamentos para refletir

1 - " A alegria é o segredo da beleza. Sem entusiasmo não há beleza que seja atraente."
Christian Dior

2 - " A alegria que nos falta, não raro, é a alegria que negamos aos outros."

3 - "A boa consciência serve de boa almofada."
John Ray, naturalista britânico

4 - " A humildade de coração não exige que te humilhes, mas que te abras. É o segredo das permutas. Somente então poderás dar e receber."
S. Exupéry

5 -" A verdadeira riqueza de uma pessoa é o bem que faz neste mundo."
Maomé

6 - " A vingança é um veneno que faz muito mal à taça que o contém."
D.R.

7 - "A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal."
Machado de Assis

8 - A benevolência gera amizade, a verdade o ódio."
Terêncio

9 - A preguiça caminha tão vagarosamente que a pobreza alcança-a com rapidez."
Benjamim Franklin

10 - "A preocupação não elimina a dor do amanhã, mas destrói a alegria de hoje."
Leo Buscaglia

11 - "A abelha que tem o mel na boca tem um ferrão na cauda."
John Lyiy

12 - "A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte."
Gandhi







domingo, 1 de janeiro de 2012

FONTE DE 1946 EM MESÃO FRIO-CARDIGOS-MAÇÃO-SANTARÉM


POEMA À NOSSA FONTE

Esta fonte de água pura
Construída em 1946,
Tem muita formosura
Que vós bem sabeis!

Tem uma mina na rocha,
Onde tem a sua nascente
Muito limpa e transparente,
Que deixa o povo contente!

Pode ser bebida à vontade
Pois é de boa qualidade!
Pertence a Mesão Frio
e, todos têm grande brio
Pela sua antiguidade!

É o nosso ex-libris
E temo-la bem estimada
E é Nossa Senhora
Que nela está decorada
e por todos bem amada,

No Largo da Antiga Fonte
As pessoas vão conviver
E trazem a água pura
Que dá gosto beber!

Um filho do Sr. Carreiras
Que foi para Tomar
Pagou o fontanário
Que nos veio alegrar.

E um mineiro desta terra
fez a mina, na rocha dura
com o pagamento deste povo
e ainda hoje perdura.

Gostamos do nosso chafariz
que sempre será recuperado
para que o povo seja feliz
neste lugar animado.


Autora do poema e da foto:

Gracinda Tavares Dias